Centro Paula Souza – 50 anos

Neste domingo, 6 de outubro, o Centro Paula Souza (CPS) completa 50 anos. Criado em 1969, com a missão de estruturar os primeiros cursos superiores de tecnologia do País, o CPS estendeu ao longo dos anos sua atuação para todos os níveis de ensino e se consolidou como a maior instituição pública de ensino profissional da América Latina. O Paula Souza atende hoje mais de 297 mil alunos matriculados em 223 Escolas Técnicas (Etecs), 73 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais e classes descentralizadas presentes em mais de 300 municípios.

Além de sua abrangência, o CPS é reconhecido pelo padrão de qualidade dos cursos, que contemplam desde a qualificação básica até a pós-graduação (strictu e lato sensu). Entre os indicadores que atestam a excelência do ensino estão os altos índices de empregabilidade. Nove em cada dez alunos de Fatecs e três em cada quatro estudantes de Etecs estão trabalhando em até um ano depois de formados, segundo pesquisa do Sistema de Avaliação Institucional. As unidades do Centro Paula Souza também apresentam excelente desempenho em avaliações oficiais como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

Para a diretora-superintendente, Laura Laganá, o maior patrimônio da instituição é o capital humano. “Comemorar meio século de conquistas nos faz refletir sobre os desafios para os próximos 50 anos. A educação do futuro deve abranger conceitos da era digital integrados ao desenvolvimento das habilidades do aluno. Esse é o caminho para quem pretende continuar oferecendo novas oportunidades e transformando vidas”, afirma.

Conheça mais sobre essa história: bit.ly/33dVZ07

Acompanhe nossas redes para conferir as postagens especiais sobre nosso “níver” durante todo o mês:
➡Instagram: bit.ly/InstagramCPS
➡Twitter: bit.ly/TwitterCPS
➡LinkedIn: bit.ly/LinkedinCPS
➡YouTube – bit.ly/youtubeCPS

Fonte site CPS  <https://www.cps.sp.gov.br/cps-comemora-50-anos-de-pioneirismo-no-ensino-profissional/>

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários estão encerrados.