Curso de Inclusão Digital na Fatec

Tem início, nesta semana, na Fatec São Sebastião,  dois cursos gratuitos para inclusão digital. Os cursos são oferecidos desde 2017, em parceria com a SEPEDI –  Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e do Idoso. A turma dos idosos tem início no dia 10 de março e o outra, para pessoas com deficiência, no dia 12. Em ambos casos, os participantes irão aprender noções básicas sobre utilização de computadores e smartphones, navegação na internet e pacote Office.

Com duração de quatro meses, os cursos contam com aulas semanais, ministradas por estudantes da unidade, que atuam como monitores do curso. De acordo como coordenador do curso de Gestão da Tecnologia da Informação da Fatec, “ao contribuir com o desenvolvimento humano da comunidade local, nossos alunos observam que além do aspecto acadêmico, a faculdade pode ter função social”.

As inscrições devem ser feitas presencialmente na SEPEDI de São Sebastião, mediante apresentação dos seguintes documentos: RG, CPF e comprovante de residência. Local: Avenida Guarda Mor Lobo Viana, 812 – Porto Grande. Horário: das 8 às 17 horas. Mais informações: (12) 3892-2669

Abertas as inscrições para o Programa Escola de Inovadores

Estão abertas de 02 a 27 de março, as inscrições para o Programa Escola de Inovadores, que é um programa de empreendedorismo criado pela INOVA CPS que visa fornecer ferramental básico de Empreendedorismo e Inovação disponibilizando um ambiente criativo para que os participantes se capacitem e desenvolvam modelos de negócios sustentáveis com a finalidade de viabilizar a criação e desenvolvimento de suas próprias empresas ou startups.
O curso é destinado a todas as pessoas que queiram tirar seu projeto de negócio do papel. Para tanto, serão realizadas 10 oficinas práticas, nas quais o participante compreenderá as formas de implementar seus projetos e ideias a fim de que se tornem realidade. Dentre as ferramentas e atividades que estarão sendo desenvolvidas estão o

Business Model Canvas, Design Thinking, Visão de Finanças e Mercados, Marketing para Startups, dentre outras, que visam capacitar o futuro empreendedor a encarar os desafios de maneira mais adequada e efetiva.
O programa tem como público alvo alunos e ex-alunos de cursos técnicos e tecnológicos do Centro Paula Souza ou de qualquer instituição de ensino público ou privado de nível médio, médio técnico ou superior, bem como empreendedores da região. Basta

pertencer à comunidade local ou regional; estar determinado a empreender e apresentar projeto com potencial de inovação; participar das aulas presencias com no mínimo 75% de frequência; participar do Balcão de Mentoria obrigatoriamente.
Não há pré-requisitos de escolaridade ou grau de conhecimento, além de ser totalmente gratuito.
Faça o negócio de seus sonhos virar uma realidade! Inscreva-se pelo site www.inova.cps.sp.gov.br

Novotec Expresso tem início na Fatec com mais de 150 alunos

A fim de oferecer novas oportunidades de profissionalização aos jovens de escolas públicas estaduais, a SDE – Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Contro Paula Souza criaram o Novotec Expresso, que são cursos rápidos, com duração de um semestre e carga de 200 horas/aula presenciais.

Tiveram início, na última segunda feira, dia 02, as aulas do Novotec Expresso, que acontecem na Fatec, das 14h às 17:30h e contemplam os cursos de Auxiliar de Logística, Excel Aplicado aos Negócios e Marketing Digital.

Mais de 150 alunos, dos 1ºs e 2ºs anos do Ensino Médio da rede pública estadual se inscreveram e já estão cursando as disciplinas de seus cursos. De acordo com a coordenadora do Novotec, a Profa. Priscila Pimenta, o objetivo é vai além da formação profissionalizante que o curso oferece. “Queremos integrar esses alunos à Fatec para que no futuro eles retornem para fazer aqui um curso de nível superior. Desta forma acreditamos estar colaborando para o aprimoramento da qualificação profissional na região”, comentou.

Centro Paula Souza – 50 anos

Neste domingo, 6 de outubro, o Centro Paula Souza (CPS) completa 50 anos. Criado em 1969, com a missão de estruturar os primeiros cursos superiores de tecnologia do País, o CPS estendeu ao longo dos anos sua atuação para todos os níveis de ensino e se consolidou como a maior instituição pública de ensino profissional da América Latina. O Paula Souza atende hoje mais de 297 mil alunos matriculados em 223 Escolas Técnicas (Etecs), 73 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais e classes descentralizadas presentes em mais de 300 municípios.

Além de sua abrangência, o CPS é reconhecido pelo padrão de qualidade dos cursos, que contemplam desde a qualificação básica até a pós-graduação (strictu e lato sensu). Entre os indicadores que atestam a excelência do ensino estão os altos índices de empregabilidade. Nove em cada dez alunos de Fatecs e três em cada quatro estudantes de Etecs estão trabalhando em até um ano depois de formados, segundo pesquisa do Sistema de Avaliação Institucional. As unidades do Centro Paula Souza também apresentam excelente desempenho em avaliações oficiais como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

Para a diretora-superintendente, Laura Laganá, o maior patrimônio da instituição é o capital humano. “Comemorar meio século de conquistas nos faz refletir sobre os desafios para os próximos 50 anos. A educação do futuro deve abranger conceitos da era digital integrados ao desenvolvimento das habilidades do aluno. Esse é o caminho para quem pretende continuar oferecendo novas oportunidades e transformando vidas”, afirma.

Conheça mais sobre essa história: bit.ly/33dVZ07

Acompanhe nossas redes para conferir as postagens especiais sobre nosso “níver” durante todo o mês:
➡Instagram: bit.ly/InstagramCPS
➡Twitter: bit.ly/TwitterCPS
➡LinkedIn: bit.ly/LinkedinCPS
➡YouTube – bit.ly/youtubeCPS

Fonte site CPS  <https://www.cps.sp.gov.br/cps-comemora-50-anos-de-pioneirismo-no-ensino-profissional/>

Aluna da Fatec S.S. é aprovada no Programa de Mobilidade Acadêmica do CPS

A aluna Tainá Barros Vieira Xavier, do 4o. Semestre do curso de Logística, da Fatec São Sebastião foi um dos alunos de Fatecs de todo o Estado aprovados no Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional do Centro Paula Souza (CPS).

O processo seletivo ofereceu 84 vagas em 36 instituições de Ensino Superior na Argentina, Bélgica, Chile, Colômbia, Espanha, Holanda, México, Polônia e Portugal para a realização de intercâmbio no primeiro semestre de 2020.

Ao se candidatar no programa, o candidato identifica e seleciona a IES estrangeira participante do edital que ofereça cursos adequados ao seu perfil acadêmico podendo se inscrever e indicar até três destas em ordem de preferência.

Para se candidatar, o interessado precisa ter mais de 18 anos, residir no Brasil, não ter aderido a outros intercâmbios promovidos pelo Centro Paula Souza e estar no segundo, terceiro ou quarto semestres de um curso oferecido nas Fatecs. O processo de seleção leva em consideração ainda o desempenho acadêmico dos candidatos.

As vagas oferecidas contemplam isenção de inscrição, matrícula e mensalidade durante o período letivo na instituição estrangeira. Aos alunos cabe o custeio da hospedagem, alimentação, passagens aéreas, documentação e demais despesas.

A aluna São Sebastião foi classificada para estudar no Chile, no Centro de Formation Tecnica Teodoro Wickel, da , que possui unidades em Angol e Temuco, cidades da Região Araucânia daquele país, bastante visitadas por turistas do mundo inteiro, especialmente no inverno.

 

 

 

Produção acadêmica da Fatec S.S. cresce em quantidade e qualidade

O crescimento da Fatec São Sebastião no quesito produção acadêmica é notório. A possibilidade de trocar a monografia pela publicação de artigo deu aos alunos um ânimo a mais.

Embora ambos gêneros possuam a mesma estrutura, a praticidade do artigo, por ser menor, é um dos motivos que mais atrai os alunos, mas não é só isso, o fato de ir viajar para a apresentar a pesquisa em outra instituição também é uma experiência nova que torna o trabalho até divertido.

Outro fator que tem contribuído nesse aumento é a possibilidade da realização do artigo já no quinto semestre. A disciplina TGI, que antes era só do projeto de pesquisa, atualmente também dá suporte na estrutura acadêmica do TG2 – no caso o artigo – que antes ficava só para o sexto e último semestre.

“Esse adiantamento, tem colaborado muito. O número de alunos do quinto semestre que já apresenta seu trabalho tem crescido. Para eles isso também só traz vantagem, uma vez que conseguem concluir o curso com mais tranquilidade no sexto semestre”. Explicou a professora, responsável pelo TG 2, Profa. Me. Alciene Ribeiro

“E o melhor disso tudo é que a cada semestre aumenta não só número, mas principalmente a qualidade desses trabalhos”, ressaltou.

Neste semestre foram ao todo 24 artigos aprovados, mais de 46 alunos que tiveram seus trabalhos aprovados em três congressos e uma revista, sendo eles:  quatro na EIC – Fatec de Guaratinguetá, 14 no Fatelog, em Guarulhos, 5 no CESLN, na Fatec São Sebastião e um trabalho publicado na JINTER.