Projeto Asas da SEPEDI agora em parceria com a Fatec

A Fatec São Sebastião passou a integrar o Projeto Asas, da Secretaria da Pessoa com Deficiência e do idoso (SEPEDI). A partir de agora, as aulas de informática aos alunos cadastrados no projeto, são ministradas nos laboratórios de T.I da faculdade.

O projeto ganhou ainda a participação de quatro monitores da Fatec, Ernesto Paulo Claudio Valente e Jade Torres Branco, que são voluntários e Emílio Sangiorgi Mota e Eric Rocha Lorossu, monitores remunerados pela unidade de ensino, que orientam e auxiliam os participantes do projeto. Ao todo são cerca de 20 alunos, todos com alguma deficiência ou dificuldade de aprendizagem que, em detrimento do problema, estão tendo a chance de se integrar ao universo da informática, tão importante no contexto atual.

De acordo com Ernesto Paulo tem sido fantástico trabalhar neste projeto. “É algo totalmente , diferente de tudo que eu já fiz. Dar a chance a essas pessoas tão especiais de serem incluídas na era digital não tem preço!”, afirmou o monitor.

A parceria da Fatec neste projeto só foi possível graças ao empenho do Prof. Fábio Lippi, responsável pela área de T.I da instituição, que de pronto acolheu a ideia da SEPEDI.

A Fatec já possuía o curso de inclusão digital, coordenado pelo Prof. Ms. Adriano Pandolfi, há pelo menos dois anos e com essa nova modalidade abre ainda mais o leque de oportunidades oferecidas à comunidade. “Estamos muito felizes por podermos participar desse projeto tão gratificante de inciativa da Prefeitura”, comenta Lippi.

A Fatec também irá dar suporte, em seus laboratórios de T.I ao projeto de inclusão digital para idosos, também iniciado pela mesma secretaria. “Achamos importante estas parcerias com a municipalidade, pois assim também temos a oportunidade de praticarmos nosso papel social, oferecendo boas oportunidades à população da cidade. É muito gratificante”, declarou o Diretor Geral da Fatec S.S. Prof. Ms Daniel Jung.

Conheça os Fatecoins

O Fatecoins é um jogo de negócios através do qual os alunos registram suas idéias e projetos em um sistema baseado na internet. A partir daí, professores, alunos, funcionários e empresas parceiras podem investir Fatecoins nas idéias que acharem mais promissoras.
No final do semestre, os professores atribuem uma nota aos projetos, de forma que quanto maior a nota, maior o retorno sobre o investimento, gerando mais Fatecoins.
Os Fatecoins, então, podem ser usados nas empresas parceiras que tenham interesse em se unir ao Fatecoins para promover seus produtos e serviços, gerando uma rede de descontos e marketing entre a comunidade acadêmica, a sociedade e as empresas.

Acesse fatecoins.com.br ou entre em contato conosco para saber mais detalhes!