Curso de Inclusão Digital da Fatec recruta alunos para monitoria

Continua neste semestre o curso de Inclusão Digital, coordenado pelos professores Fábio Lippi e Adriano Scala Pandolfi, que já vem sendo realizado desde 2017, em parceria com a SEPEDI –  Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e do Idoso, na Fatec São Sebastião.

Por conta da pandemia e a necessidade do isolamento social, as aulas presenciais passaram a ser remotas e os conteúdos foram readaptados. De acordo com o Prof. Ms.  Adriano Scala Pandolfi, “com as necessidades emergentes de se utilizar a tecnologia como instrumento de interação social, as atividades passaram a priorizar aplicativos básicos, como o Whatsapp e redes sociais, como o Facebook, entre outras,  além de plataformas de delivery, com os quais eles podem se comunicar e interagir com a família, e também solicitar algum produto ou serviço, sem precisar sair de casa”.

Neste semestre, surgiu também, a possibilidade de uma parceria com a Prefeitura Municipal de Caraguatatuba a fim de que sejam viabilizadas aulas on- line de inclusão digital aos professores da Educação Básica, da rede municipal, que tiverem interesse em aperfeiçoar seus conhecimentos na utilização das novas tecnologias em suas aulas remotas.

De acordo com Pandolfi, muitos professores que ainda insistiam nas metodologias tradicionais, por conta da pandemia tiveram que se adaptar aos recursos digitais, mas nem todos têm essa facilidade. “Muito provavelmente, o ensino 100% presencial irá desaparecer. Existe uma forte tendência em direção à educação híbrida, que é uma mescla dos modelos presencial e à distância. Diante desse contexto, é muito pertinente e louvável a preocupação de uma   capacitação para que os professores possam desenvolver suas funções da melhor forma!”

Ainda segundo o coordenador do curso, a execução deste projeto só depende agora de um envolvimento direto dos alunos de gestão empresarial, logística e tecnologia da informação nas atividades desenvolvidas, atuando como monitores. “Os alunos envolvidos irão receber horas acadêmicas e certificado que irá constar no currículo deles. É uma oportunidade para que eles possam atuar profissionalmente no ambiente social em benefício de todos. Eles saem ganhando e colaboram com a instituição”, comentou.

O projeto idealizado e liderado pela Fatec, além da parceria com a SEPEDI, conta com a participação de outras IES do  litoral e outras prefeituras. O projeto é aberto a comunidade externa em geral e,portanto, alunos de outras faculdades do litoral norte podem participam como voluntários.

Os alunos interessados em atuar nesta monitoria podem se inscrever por meio de formulário com acesso pelo link
https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=veJyzyt6g0e96znVewf3b7COihP1yu1PgAkGoeMJgMFUMUxEUEZHR09SUVQzTFlDQzcwNzQzSkJKUC4u

Comments are closed.